Pular para o conteúdo principal

Como é Comemorado o Dia Das Bruxas Em Cada País Do Mundo? 10out10 Foto Divulgação. O evento haloween conhecido como o “Dia das bruxas”, comemorado no dia 31 de outubro anualmente, cada país tem a sua maneira de comemorar, basta prestar mais a atenção comparar as diferenças da mesma comemoração em cada país. Nos Estados Unidos é comemorado da maneira tradicional de origem do século XIX no mundo moderno. A comemoração tem uma força muito grande, que nesse dia é feriado para os americanos e o comércio americano registra que é a data que as vendas estão em alta, ultrapassam até o natal, a data acabou transformando uma tradição infantil, na qual as crianças se fantasiam de personagens de horror e andam nas casas, para pedir doces de casa em casa, dizendo “tricks or treats”, traduzido significa gostosuras ou travessuras. No Brasil o dia do horror não tem tanta força como nos EUA, mas a data não deixa de ser comemorada pelos brasileiros, para eles a data comemorativa é o folclore americano, invadindo na cultura brasileira. Na França os franceses ficam 1 minuto em silêncio, fazendo seus pedidos e logo seguido servem refrescos. As pessoas seguem a tradição dos americanos, elas andam nas casas pedindo doces, nesse dia no país não é feriado, como no Brasil, mas a data é comemorada pelos franceses a maioria deles as crianças que seguem mais a tradição do haloween. Na Inglaterra os ingleses comemoram essa tradição no dia 1 de novembro para eles significam “o dia de todos os santos”, as crianças inglesas se vestem de horror e andam de casa em casa para conseguir ganhar doces, da mesma maneira que é comemorado tradicionalmente na maioria dos países mundiais. No Japão os japoneses festejam como o clima do carnaval brasileiro, eles ousam na comemoração e violam a regra dos vestuários de horror, além das fantasias típicas da data, as pessoas se vestem de papai Noel, robô e até Branca de neve, acredite se quiser e por lá esse dia é considerado feriado. No México os mexicanos comemoram a tradição no dia 2 de novembro no dia dos mortos (finados), eles acreditam que os mortos ressuscitam para reocupar os seus lugares na terra. A festa inicia no dia 31 de outubro, com os preparativos para o “dia dos anjinhos”, também conhecido como “o dia dos santos inocentes”, que celebra no dia 1 de novembro anualmente. Neste dia as pessoas recordam as crianças faleceram antes de serem batizadas, muitas famílias mexicanas constroem um espaço para os espíritos e prestam homenagens aos parentes dos mortos. A decoração do ambiente inclui caramelos com os nomes das vítimas, flores, fotografia, bebidas e comidas prediletas dos defuntos. Na Espanha a tradição é comemorada como o “dia de todos os santos”, comemorado no dia 1 de novembro e no dia 2 dia dos finados,feriado da América Latina,é uma data para recordar os mortos,quando estavam vivos. Os Espanhóis costumam a irem aos cemitérios colocar flores nos túmulos e lapides dos parentes falecidos. Essa é uma festa é mais religiosa do que pagã, as igrejas costumam realizarem missas em memória dos mortos e santos. Na Irlanda o dia das bruxas é comemorado com uma maneira totalmente diferente da festa moderna, por ser país de origem da data, os irlandeses acendem fogueiras nas áreas rurais, como faziam os celtas, as crianças fantasiadas, saem à tarde nas ruas pedindo doces dizendo “doces ou travessuras” como é feito atualmente, na maioria dos países. Na Tailândia a festa é comemorada com um festival chamado Phi Ta Khuon, uma procissão com música e máscaras que acompanham a imagem sagrada do Buda. Os homens jovens usam fantasias, os tailandeses acreditam que na lenda diz que os espíritos e fantasmas se misturam entre os vivos, enquanto os monges receitam a história de última reencarnação de Buda. A procissão é realizada no primeiro dia das festas budistas, conhecidos como Boon para wate e pode ocorrer nos meses de maio, junho ou julho. Fonte: http://www.pititi.com/festas/halloween/tradicoes.htm Marília Lopes. Sobre estes anúncios

Como é Comemorado o Dia Das Bruxas Em Cada País Do Mundo?



Foto Divulgação.
O evento haloween conhecido como o “Dia das bruxas”, comemorado no dia 31 de outubro anualmente, cada país tem a sua maneira de comemorar, basta prestar mais a atenção comparar as diferenças da mesma comemoração em cada país.
Nos Estados Unidos é comemorado da maneira tradicional de origem do século XIX no mundo moderno.
A comemoração tem uma força muito grande, que nesse dia é feriado para os americanos e o comércio americano registra que é a data que as vendas estão em alta, ultrapassam até o natal, a data acabou transformando uma tradição infantil, na qual as crianças se fantasiam de personagens de horror e andam nas casas, para pedir doces de casa em casa, dizendo “tricks or treats”, traduzido significa gostosuras ou travessuras.
No Brasil o dia do horror não tem tanta força como nos EUA, mas a data não deixa de ser comemorada pelos brasileiros, para eles a data comemorativa é o folclore americano, invadindo na cultura brasileira.
Na França os franceses ficam 1 minuto em silêncio, fazendo seus pedidos e logo seguido servem refrescos.
As pessoas seguem a tradição dos americanos, elas andam nas casas pedindo doces, nesse dia no país não é feriado, como no Brasil, mas a data é comemorada pelos franceses a maioria deles as crianças que seguem mais a tradição do haloween.
Na Inglaterra os ingleses comemoram essa tradição no dia 1 de novembro para eles significam “o dia de todos os santos”, as crianças inglesas se vestem de horror e andam de casa em casa para conseguir ganhar doces, da mesma maneira que é comemorado tradicionalmente na maioria dos países mundiais.
No Japão os japoneses festejam como o clima do carnaval brasileiro, eles ousam na comemoração e violam a regra dos vestuários de horror, além das fantasias típicas da data, as pessoas se vestem de papai Noel, robô e até Branca de neve, acredite se quiser e por lá esse dia é considerado feriado.
No México os mexicanos comemoram a tradição no dia 2 de novembro no dia dos mortos (finados), eles acreditam que os mortos ressuscitam para reocupar os seus lugares na terra.
A festa inicia no dia 31 de outubro, com os preparativos para o “dia dos anjinhos”, também conhecido como “o dia dos santos inocentes”, que celebra no dia 1 de novembro anualmente.
Neste dia as pessoas recordam as crianças faleceram antes de serem batizadas, muitas famílias mexicanas constroem um espaço para os espíritos e prestam homenagens aos parentes dos mortos.
A decoração do ambiente inclui caramelos com os nomes das vítimas, flores, fotografia, bebidas e comidas prediletas dos defuntos.
Na Espanha a tradição é comemorada como o “dia de todos os santos”, comemorado no dia 1 de novembro e no dia 2 dia dos finados,feriado da América Latina,é uma data para recordar os mortos,quando estavam vivos.
Os Espanhóis costumam a irem aos cemitérios colocar flores nos túmulos e lapides dos parentes falecidos.
Essa é uma festa é mais religiosa do que pagã, as igrejas costumam realizarem missas em memória dos mortos e santos.
Na Irlanda o dia das bruxas é comemorado com uma maneira totalmente diferente da festa moderna, por ser país de origem da data, os irlandeses acendem fogueiras nas áreas rurais, como faziam os celtas, as crianças fantasiadas, saem à tarde nas ruas pedindo doces dizendo “doces ou travessuras” como é feito atualmente, na maioria dos países.
Na Tailândia a festa é comemorada com um festival chamado Phi Ta Khuon, uma procissão com música e máscaras que acompanham a imagem sagrada do Buda.
Os homens jovens usam fantasias, os tailandeses acreditam que na lenda diz que os espíritos e fantasmas se misturam entre os vivos, enquanto os monges receitam a história de última reencarnação de Buda.
A procissão é realizada no primeiro dia das festas budistas, conhecidos como Boon para wate e pode ocorrer nos meses de maio, junho ou julho.
Marília Lopes.

 


Foto Divulgação.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POR ONDE ANDA ?BARROS DE ALENCAR

BARROS DE ALENCAR POR ONDE ANDA ? Atualmente está participando do programa Kaká Siqueira na Rádio Record AM (1.000 kHz - São Paulo/SP), onde apresenta o quadro "Momento Barros de Alencar". BREVE HISTÓRICO: Comunicador, radialista, cantor e apresentador de TV. Paraíbano da cidade de Uiraúna, nasceu no dia 5 de agosto. Começou na Rádio Borburema, em Campina Grande - PB. Depois passou por Recife, Fortaleza e Belo Horizonte até chegar a cidade de São Paulo. Na Capital paulista passou pela antiga Rádio Tupi de São Paulo, Record e América. Na década de 80, comandou seu programa na TV Record, levando ao ar os grande sucessos musicais da época.

Povos indígenas no estado de Rondônia, fotos inéditas dos índios isolados do Acre

Povos indígenas no estado de Rondônia
Aikanã, Ajuru, Amondawa, Arara, Arikapu, Ariken, Aruá, Cinta Larga, Gavião, Jabuti, Kanoê, Karipuna, Karitiana, Kaxarari, Koiaiá, Kujubim, Makuráp, Mekén, Mutum, Nambikwara, Pakaanova, Paumelenho, Sakurabiat, Suruí, Tupari, Uru Eu Wau Wau, Urubu, Urupá
1-Povo Uru-Eu-Wau-Wau
A população da Terra indígena Uru-Eu-Wau-Wau é composta por vários subgrupos, como: Jupaú, Amondawa e Uru Pa In. Encontram-se distribuídos em 6 aldeias, nos limites da Terra Indígena, por questões de proteção e vigilância. Além destas etnias, há presença de índios isolados como os Parakuara e os Jurureís.
Os Jupaú traduzem sua autodenominação como "os que usam jenipapo". A denominação "Uru-eu-wau-wau" foi dada aos Jupaú pelos índios Oro-Uari.
Muitos foram os nomes atribuídos aos Uru-Eu-Wau-Wau. As denominações Bocas-Negras, Bocas-Pretas, Cautários, Sotérios, Cabeça-Vermelha, são encontradas na historiografia e estão relacionadas ao espaço geográfico ou a se…

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES EM MANAUS Portal do Holanda