Pular para o conteúdo principal

Parque Municipal do Morro do Espia

Posts Marcados Com: Parque Municipal do Morro do Espia


Nascer do sol em Icapara

Chegou o belo dia de fotografar o nascer do sol. O tempo já vinha melhorando, e escolhemos um local muito especial.
Acordamos às 4:00hrs e seguimos em direção à Icapara, como já viram nos posts anteriores, a vila que deu origem à Iguape. Chegamos ao pé do morro do farol (outeiro do bacharel) as 5:00hrs, com a previsão do sol nascer as 6:05hrs. Então a subida de 15 min foi corrida, afinal, tínhamos que montar todo o equipamento.
Enquanto o sol começava a clarear o céu, registramos a vila de Icapara em suas primeiras horas do dia.
Nascer do sol em Icapara
Câmera no tripé, a outra na mão. Duas pequenas câmeras instaladas no farol para registrar nosso trabalho. Todos apontados para o horizonte. E lá veio ele, o astro rei em mais um espetáculo diário, iluminando a saída da Barra do Ribeira e o Pontal Norte da Ilha Comprida.
Nascer do sol em Icapara
Nascer do sol em Icapara
As nuvens se “derretendo” entre à serra do Parque Municipal do Morro do Espia só aumentavam o charme desta manhã.
Nuvens na serra do Parque Municipal do Morro do Espia
Finalizado o registro do espetáculos, pudemos enxergar a trilha que subimos de madrugada.
Trilha
Praia do Leste
Saindo da estrada da Barra (Estrada Parque Turística Caminhos da Juréia), por uma pequena estradinha de areia, com casas muito simpáticas, chegamos à praia do Leste. Essa é uma das praias que recebe tudo que o mar traz das ocorrentes marítimas. Os locais dizem que aqui o lixo é importado :)
Lixo trazido pela maré
Nessa praia, duas questões são exemplificadas. Uma delas é o aumento do nível do mar, que já “comeu” uma porção considerável desta praia. Os locais dizem que, do ponto da foto abaixo, há 10 anos atrás, havia 10km de areia seca até a água. Depois de umas 50 casas e vários quiosques e bares engolidos pelo mar, a praia é um lembrete constante dos impactos que o globo sofre diariamente com a ação impensada do homem na Terra.
Casa em ruinas, devido ao aumento do nível do mar
Outra questão ilustrada nessa praia, é a quantidade de árvores trazidas pelas marés, e depositadas gentilmente na praia, para que artistas como o Marcelo Trudes (mencionado no dia 1, mostrem como a reutilização é uma saída ambientalmente correta, e comercialmente viável para o povo local.
Árvore trazida pela maré
Detalhe de pescadores passando pela praia do Leste
Café da manhã
Fomos conhecer uma pousada muito charmosa. A Pousada Recanto das Aves tem uma proposta interessante, com belos chalés, uma casa na árvore, um mirante, um incrível café da manhã e uma piscina com vista para o mangue. Vale a pena conhecer !
Casa na árvore da pousada
Juréia
Como um dos roteiros previsto é passar 2 dias na Juréia, e a comunicação via telefone estava ruim, fomos nos encontrar com alguns conhecidos da nossa guia para combinar a logística destes dias.
Fomos até a praia para ter um gostinho de como serão os dias na Juréia.
Praia da Juréia
Barra do Ribeira
Nos demos de presente um almoço especial, com porção (bem servida) de camarão, e uma da Manjubinha. O Restaurante fica na Vila da Barra do Ribeira. Destaque para o divertido atendimento do dono do bar, seu Clodinaldo ou apenas Clô.
Bar do Clô – Barra do Ribeira
Por do sol
Nossa guia tinha uma carta na manga…. o por do sol na foz do Rio Suamirim que deságua no Rio Ribeira de Iguape.
Ficamos encantandos com o belo espetáculo
Pôr do sol na Barra do Ribeira
Pôr do sol na Barra do Ribeira
Categorias: Viagem | Tags: , | 5 Comentários

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POR ONDE ANDA ?BARROS DE ALENCAR

BARROS DE ALENCAR POR ONDE ANDA ? Atualmente está participando do programa Kaká Siqueira na Rádio Record AM (1.000 kHz - São Paulo/SP), onde apresenta o quadro "Momento Barros de Alencar". BREVE HISTÓRICO: Comunicador, radialista, cantor e apresentador de TV. Paraíbano da cidade de Uiraúna, nasceu no dia 5 de agosto. Começou na Rádio Borburema, em Campina Grande - PB. Depois passou por Recife, Fortaleza e Belo Horizonte até chegar a cidade de São Paulo. Na Capital paulista passou pela antiga Rádio Tupi de São Paulo, Record e América. Na década de 80, comandou seu programa na TV Record, levando ao ar os grande sucessos musicais da época.

Povos indígenas no estado de Rondônia, fotos inéditas dos índios isolados do Acre

Povos indígenas no estado de Rondônia
Aikanã, Ajuru, Amondawa, Arara, Arikapu, Ariken, Aruá, Cinta Larga, Gavião, Jabuti, Kanoê, Karipuna, Karitiana, Kaxarari, Koiaiá, Kujubim, Makuráp, Mekén, Mutum, Nambikwara, Pakaanova, Paumelenho, Sakurabiat, Suruí, Tupari, Uru Eu Wau Wau, Urubu, Urupá
1-Povo Uru-Eu-Wau-Wau
A população da Terra indígena Uru-Eu-Wau-Wau é composta por vários subgrupos, como: Jupaú, Amondawa e Uru Pa In. Encontram-se distribuídos em 6 aldeias, nos limites da Terra Indígena, por questões de proteção e vigilância. Além destas etnias, há presença de índios isolados como os Parakuara e os Jurureís.
Os Jupaú traduzem sua autodenominação como "os que usam jenipapo". A denominação "Uru-eu-wau-wau" foi dada aos Jupaú pelos índios Oro-Uari.
Muitos foram os nomes atribuídos aos Uru-Eu-Wau-Wau. As denominações Bocas-Negras, Bocas-Pretas, Cautários, Sotérios, Cabeça-Vermelha, são encontradas na historiografia e estão relacionadas ao espaço geográfico ou a se…

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES EM MANAUS Portal do Holanda