Pular para o conteúdo principal

Manaus noticias .

Mãe das adolescentes violentadas pelo pai e irmãos pode ser presa porque sabia de tudo

Além do pai e filho, presos sob suspeita de terem estuprado duas adolescentes de 12 e 13 anos, filhas e irmãs deles, respectivamente, a mãe delas também poderá ser presa. Conforme relatos das vítimas, os abusos eram de conhecimento dela19/05/2016 às 16:23
Show cvbcbvbcb
Polícia ainda procura o terceiro envolvido, filho e irmão dos presos (Foto: Gilson Mello/Freelancer)
A mãe das meninas de 12 e 13 anos que eram violentadas pelo pai e pelos irmãos - marido e filhos da mulher - também poderá ser presa, depois que os suspeitos e as vítimas revelaram que ela sabia de tudo e não fez nada para fazer parar o abuso que era praticado contra as filhas. As meninas estavam sofrendo abuso sexual dentro da própria casa desde 2013, informou Cícero Túlio, delegado titular do 25º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Armando Mendes, na Zona Leste.
O pai das meninas, um pedreiro de 40 anos, e um dos filhos dele, de 23 anos, foram presos sob suspeita de terem estuprado as duas adolescentes, de 12 e 13 anos, filhas e irmãs, respectivamente dos acusados. A polícia ainda procura por um adolescente de 16 anos, também irmão das vítimas, apontado como o terceiro suspeito de cometer o crime contra as meninas.
O caso foi descoberto na tarde de terça-feira depois que a adolescente de 12 anos contou a sua história para a pedagoga da escola onde ela estuda. Depois de ouvir a menina, a pedagoga levou o caso à delegacia.
Os suspeitos foram presos por meio de prisão preventiva por volta das 17h30, por meio de prisão preventiva decretada pelo juiz plantonista Erivan de Oliveira Santana. Pai e filho foram indiciados pelo crime de estupro a vulnerável.
Os dois demonstram frieza. O filho contou naturalmente como abusava das irmãs. De acordo com o delegado, a adolescente relatou que os abusos começaram quando elas tinham 9 e 10 anos e que os abusos eram frequentemente cometido pelo pai, quando ele chegava bêbado em casa. O último aconteceu no domingo (15). As meninas foram submetidas a exame de conjunção carnal, e o laudo comprovou que elas foram vítimas de abuso.
Ontem (18), pai e filho foram apresentados à imprensa. O filho confessou o crime e disse que passou a estuprar as irmãs depois que viu o pai abusando das filhas.
“Eu vi pela brecha o meu pai introduzindo o dedo na minha irmã, depois me deu vontade e eu fui lá também”, declarou. O pai começou negando, mas depois acabou assumindo. “Se eu fiz isso, eu não me lembro”, disse o pai. O filho confirmou que a mãe deles sabia de tudo, mas nunca fez nada.
Ameaçadas para não denunciarem
A polícia tem informações que as vítimas eram ameaçadas para não denunciar os abusadores. Para o delegado Cícero Túlio, as vítimas só tomaram coragem de denunciá-los, depois de terem visto casos semelhantes sendo divulgados pela imprensa. O delegado informou que as adolescentes estão sobre a proteção do Conselho Tutelar e que elas serão encaminhadas para atendimento psicosocial. Elas ainda estavam tímidas e demonstraram vergonha para falar sobre o assunto.
O delegado informou ainda que a polícia já coletou dados que sustentam as acusações feitas pelas vítimas e que ´essa prática era constante. As duas irmãs eram vítimas dos três. O irmão ele alegou que era seduzido pelas irmãs e que ele abusava delas todas as vezes que sentia vontade.
O delegado disse que no final da tarde pai e filho foram encaminhados para a cadeia pública Raimundo Vidal Pessoa, na avenida 7 de Setembro Centro.
Frase
"Esse é um crime repugnante que começou quando essas vítimas tinham apenas nove e dez anos de idade", Cícero Túlio, delegado da Polícia Civil.
Joana Queiroz

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POR ONDE ANDA ?BARROS DE ALENCAR

BARROS DE ALENCAR POR ONDE ANDA ? Atualmente está participando do programa Kaká Siqueira na Rádio Record AM (1.000 kHz - São Paulo/SP), onde apresenta o quadro "Momento Barros de Alencar". BREVE HISTÓRICO: Comunicador, radialista, cantor e apresentador de TV. Paraíbano da cidade de Uiraúna, nasceu no dia 5 de agosto. Começou na Rádio Borburema, em Campina Grande - PB. Depois passou por Recife, Fortaleza e Belo Horizonte até chegar a cidade de São Paulo. Na Capital paulista passou pela antiga Rádio Tupi de São Paulo, Record e América. Na década de 80, comandou seu programa na TV Record, levando ao ar os grande sucessos musicais da época.

Povos indígenas no estado de Rondônia, fotos inéditas dos índios isolados do Acre

Povos indígenas no estado de Rondônia
Aikanã, Ajuru, Amondawa, Arara, Arikapu, Ariken, Aruá, Cinta Larga, Gavião, Jabuti, Kanoê, Karipuna, Karitiana, Kaxarari, Koiaiá, Kujubim, Makuráp, Mekén, Mutum, Nambikwara, Pakaanova, Paumelenho, Sakurabiat, Suruí, Tupari, Uru Eu Wau Wau, Urubu, Urupá
1-Povo Uru-Eu-Wau-Wau
A população da Terra indígena Uru-Eu-Wau-Wau é composta por vários subgrupos, como: Jupaú, Amondawa e Uru Pa In. Encontram-se distribuídos em 6 aldeias, nos limites da Terra Indígena, por questões de proteção e vigilância. Além destas etnias, há presença de índios isolados como os Parakuara e os Jurureís.
Os Jupaú traduzem sua autodenominação como "os que usam jenipapo". A denominação "Uru-eu-wau-wau" foi dada aos Jupaú pelos índios Oro-Uari.
Muitos foram os nomes atribuídos aos Uru-Eu-Wau-Wau. As denominações Bocas-Negras, Bocas-Pretas, Cautários, Sotérios, Cabeça-Vermelha, são encontradas na historiografia e estão relacionadas ao espaço geográfico ou a se…

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES EM MANAUS Portal do Holanda