Pular para o conteúdo principal

Em Brasília – BRASÍLIA! – 45 mil pescadores recebem bolsa do governo

brasilia-1

Em Brasília – BRASÍLIA! – 45 mil pescadores recebem bolsa do governo

Assim como no século passado o termo “revolucionário” justificava qualquer barbaridade que grupos políticos se dispunham a fazer, o novo milênio viu na expressão “social” um bom escudo contra críticas. E qualquer política que fingisse contemplar objetivo tão nobre passava automaticamente a gozar de fiscalização frouxa. Quem ousava, por exemplo, criticar projetos como o Bolsa Família?
Com a queda do PT e desta postura que levou à ruína a economia brasileira, aos poucos pode-se revisitar o tópico. O que o governo Temer conseguiu até o momento não chega a arranhar a imagem do BF, pois enumera 10 mil beneficiários fantasmas num universo que supera a dezena de milhões. Mas impressiona o descaramento de outros dados suspeitos.
Em Brasília, distante mil quilômetros do mar mais próximo, com apenas um lago, há 45 mil pescadores recebendo o seguro-defeso, bolsa concedida aos trabalhadores que interrompem as atividades no período de desova. O governo interino também descobriu que há um milhão de brasileiros recebendo auxílio-doença há mais de dois anos, um benefício que precisa ser renovado em intervalos de semanas.
Sem fiscalização, o Brasil quebra. E quebrou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POR ONDE ANDA ?BARROS DE ALENCAR

BARROS DE ALENCAR POR ONDE ANDA ? Atualmente está participando do programa Kaká Siqueira na Rádio Record AM (1.000 kHz - São Paulo/SP), onde apresenta o quadro "Momento Barros de Alencar". BREVE HISTÓRICO: Comunicador, radialista, cantor e apresentador de TV. Paraíbano da cidade de Uiraúna, nasceu no dia 5 de agosto. Começou na Rádio Borburema, em Campina Grande - PB. Depois passou por Recife, Fortaleza e Belo Horizonte até chegar a cidade de São Paulo. Na Capital paulista passou pela antiga Rádio Tupi de São Paulo, Record e América. Na década de 80, comandou seu programa na TV Record, levando ao ar os grande sucessos musicais da época.

Povos indígenas no estado de Rondônia, fotos inéditas dos índios isolados do Acre

Povos indígenas no estado de Rondônia
Aikanã, Ajuru, Amondawa, Arara, Arikapu, Ariken, Aruá, Cinta Larga, Gavião, Jabuti, Kanoê, Karipuna, Karitiana, Kaxarari, Koiaiá, Kujubim, Makuráp, Mekén, Mutum, Nambikwara, Pakaanova, Paumelenho, Sakurabiat, Suruí, Tupari, Uru Eu Wau Wau, Urubu, Urupá
1-Povo Uru-Eu-Wau-Wau
A população da Terra indígena Uru-Eu-Wau-Wau é composta por vários subgrupos, como: Jupaú, Amondawa e Uru Pa In. Encontram-se distribuídos em 6 aldeias, nos limites da Terra Indígena, por questões de proteção e vigilância. Além destas etnias, há presença de índios isolados como os Parakuara e os Jurureís.
Os Jupaú traduzem sua autodenominação como "os que usam jenipapo". A denominação "Uru-eu-wau-wau" foi dada aos Jupaú pelos índios Oro-Uari.
Muitos foram os nomes atribuídos aos Uru-Eu-Wau-Wau. As denominações Bocas-Negras, Bocas-Pretas, Cautários, Sotérios, Cabeça-Vermelha, são encontradas na historiografia e estão relacionadas ao espaço geográfico ou a se…

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES EM MANAUS Portal do Holanda