Pular para o conteúdo principal

Apaixonado por advogada acreana, cantor Sérgio Souto faz poesia para sua musa REDAÇÃO CONTILNET

Apaixonado por advogada acreana, cantor Sérgio Souto faz poesia para sua musa

Socorro Rodrigues atua como advogada no Acre/Foto: Facebook
Não é segredo para ninguém que o cantor e compositor Sérgio Areal Souto, de 66 anos, um dos músicos mais talentosos e famosos do Acre está apaixonado. Ele, que nasceu em Sena Madureira, até voltou a morar no Acre só para ficar perto dela, a advogada acreana Socorro Rodrigues. Neste sábado (21), Sérgio publicou em sua página do Facebook uma poesia que fez para sua musa.
Em entrevista recente ao repórter Regis Paiva, da ContilNet, Sérgio disse: “Estou de volta à Aldeia, como já disse na música. Era um desejo antigo, pois em outro momento vim para ficar e por forças ocultar não foi possível, mas isso é uma outra história ainda não contada. Agora, quero paz e luz, jazz e blues. Ser feliz”.
Sobre os planos para o futuro próximo, o cantor revelou que não pretende parar de gravar. “Tenho 13 discos gravados e ainda vou gravar o 14°, o 15°… Pois não pretendo parar. Tenho um projeto de disco para lançar este ano e estou na dúvida: ‘Canções para ninar gente grande’ ou ‘Para não dizer que falei de amores’. Em qualquer das hipóteses serão canções inéditas, pois continuo compondo e escrevendo. Mas também gostaria e fazer um disco com os grandes músicos aqui no Acre”. (Trecho da reportagem de Régis Paiva, da ContilNet)
LUAS E LOAS
Sérgio Souto
O sorriso dessa moça
É lenha sobre o braseiro
Tem um brilho especial
Feito luz de candeeiro.
O sorriso dessa moça
Deixa o mundo mais bonito
Tudo em volta mais alegre
Popular e erudito.
O sorriso dessa moça me encanta
E me alimenta de poesia
É feito uma penca de luas
Num mar de calmaria.
O sorriso dessa moça me acalma
Me freia e acelera
Me fortalece e me mata
Me apraz e dilacera.
O sorriso dessa moça me inebria
Overdose de paixão na jugular
Me faz cantar noite e dia
E feito um pássaro, voar.
VEJA MAIS: 

5 comentários

Veja também

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POR ONDE ANDA ?BARROS DE ALENCAR

BARROS DE ALENCAR POR ONDE ANDA ? Atualmente está participando do programa Kaká Siqueira na Rádio Record AM (1.000 kHz - São Paulo/SP), onde apresenta o quadro "Momento Barros de Alencar". BREVE HISTÓRICO: Comunicador, radialista, cantor e apresentador de TV. Paraíbano da cidade de Uiraúna, nasceu no dia 5 de agosto. Começou na Rádio Borburema, em Campina Grande - PB. Depois passou por Recife, Fortaleza e Belo Horizonte até chegar a cidade de São Paulo. Na Capital paulista passou pela antiga Rádio Tupi de São Paulo, Record e América. Na década de 80, comandou seu programa na TV Record, levando ao ar os grande sucessos musicais da época.

Povos indígenas no estado de Rondônia, fotos inéditas dos índios isolados do Acre

Povos indígenas no estado de Rondônia
Aikanã, Ajuru, Amondawa, Arara, Arikapu, Ariken, Aruá, Cinta Larga, Gavião, Jabuti, Kanoê, Karipuna, Karitiana, Kaxarari, Koiaiá, Kujubim, Makuráp, Mekén, Mutum, Nambikwara, Pakaanova, Paumelenho, Sakurabiat, Suruí, Tupari, Uru Eu Wau Wau, Urubu, Urupá
1-Povo Uru-Eu-Wau-Wau
A população da Terra indígena Uru-Eu-Wau-Wau é composta por vários subgrupos, como: Jupaú, Amondawa e Uru Pa In. Encontram-se distribuídos em 6 aldeias, nos limites da Terra Indígena, por questões de proteção e vigilância. Além destas etnias, há presença de índios isolados como os Parakuara e os Jurureís.
Os Jupaú traduzem sua autodenominação como "os que usam jenipapo". A denominação "Uru-eu-wau-wau" foi dada aos Jupaú pelos índios Oro-Uari.
Muitos foram os nomes atribuídos aos Uru-Eu-Wau-Wau. As denominações Bocas-Negras, Bocas-Pretas, Cautários, Sotérios, Cabeça-Vermelha, são encontradas na historiografia e estão relacionadas ao espaço geográfico ou a se…

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES EM MANAUS Portal do Holanda