Pular para o conteúdo principal

Pedaços da vida

E é incrível como com o passar do tempo, mesmo longe de ti, o sentimento não desvanece. É incrível como mesmo sabendo que é usado como um jogo, este coração ainda chama por ti, é incrível como ele ainda não se cansou e desistiu de tentar sair glorioso de uma batalha sem fim a vista. Como ainda não ergueu a “bandeira branca” e não se deu como derrotado.
Como é que dia após dia, ainda consegue ver-te com algo que lhe vai dar vida e não acabar por o matar.
É difícil de entender, como é que algo que te vai matando aos poucos, não te tira o discernimento necessário nas horas de maior confusão, de maior angústia.
Ele anseia pelo momento em que possa realmente dizer que conseguiu, que tudo o que fez não foi em vão, que aquelas “borboletas” que sentia não eram apenas uma ilusão, que a forma de te amar não era exagerada, que todos os momentos em que estavas por perto e ele se apaixonava mais um pouco por ti não eram meros momentos de loucura, meros contos de fadas.
E sabes porquê? Porque de todas as formas de amar, ele ama-te da forma mais genuína e pura que há, porque ele ama-te desde o teu primeiro sorriso do dia, ainda meio sonolento, até ao teu jeito desajeitado de dançar. Porque tu inconscientemente consegues fazê-lo sorrir nos seus piores dias, nem dás conta, mas causas-lhe uma felicidade enorme com o mais pequeno gesto para com ele vindo do nada.
Hoje ele ama-te mais que ontem e muito menos que amanhã, sim, mesmo que tu nem percas um segundo do teu dia para saber como ele está, hoje ainda não é tarde e sinceramente, se calhar para ele nunca será, mas uma pessoa não vive só de amores e talvez um dia venhas a perceber que o perdeste, não por falta de amor, mas talvez por excesso dele, porque tudo o que é em excesso um dia cansa e é posto de parte.


Nelson Felgueiras
Ambos se negam, ambos se olham, ambos sentem falta... Negam e dizem que não se desejam, mas olham-se como se fosse sempre a primeira vez, trocam um olhar intenso, um olhar tímido que baixa enquanto se aproximam.
Ele sente falta dos beijos dela, sente um vazio enorme por não a ter do seu lado, sente saudade do cheiro dela, de adormecer e parecer que ela está ali, de tão intenso que é o cheiro que ela deixa ficar... E é isso que agora lhe tira o sono e que há pouco tempo o fazia dormir tão tranquilo.
Ela... ela não nega ter saudades, mas também não o quer demonstrar...
Não quer, mas todas as noites espera uma mensagem dele que a reconforte, que a faça esquecer os problemas. Todos os dias espera sentir-se segura no seu abraço, receber o beijinho na testa que tanto ela gosta.
Ambos querem e não querem, vivem algo contraditório, algo sem face verdadeira. Vivem ambos um do outro, querem-se por perto, mas ao mesmo tempo longe. Têm medo de cair na tentação, de criar ilusão, ela não quer magoar o coração dele, mas ele só quer ganhar o dela.
E um dia, por certo que se vão reencontrar, sentir ainda mais saudade, ele porque ela era a menina dos seus olhos e ela porque ele era aquele que a compreendia para além de tudo e todos, a fazia sorrir mesmo quando tinha vontade de chorar.


"és a melhor maneira de viver"



Nelson Felgueiras
Vai... Vai, corre, salta, grita, berra, desespera, vai ao teu limite, acaba com todas as forças que tens! "Morre" e "renasce", esquece quem te esqueceu, esquece quem te viu cair e não te deu a mão para levantar, pois tu estás de volta e eles já são passado!
Simplesmente vive um dia de cada vez, aproveitar o hoje como se não houvesse amanhã e não tivesse existido o ontem. Vai em frente, não olhes para trás, se ficou para trás foi porque não estava à tua altura, faz o possível e acredita no impossível, porque tu mereces, tu és capaz, dos fracos não reza a lenda e tu és mais forte do que eles imaginam, age, não fiques parado, prova-lhes que tu és um conquistador, que tu tornas os sonhos realidade, mostra-lhes que o fazes com tal facilidade, que eles ficarão a invejar-te, sim, eles, esses mesmos que te viram no fundo e te deixaram ficar, esses tais que te jogaram para fora das suas vidas e que quando caíram na realidade, tu eras o ar fresco que eles precisavam para sobreviver!
Vai na luta, vai com tudo, vai e regressa com a felicidade que tanto procuras, volta com o céu brilhante, acaba com esses dias cinzentos, porque tu, sim tu, tu que perdeste o rumo, tu que saíste inúmeras vezes derrotado, voltaste, voltaste das cinzas, voltaste forte, implacável e esse sorriso que trazes no rosto, sim, esse mesmo que deixa muitos outros à nora, sem saber o que fazer, dizer, voltou para chegar o topo, para conquistar o mundo e nada o vai fazer parar!





Nelson Felgueiras

E quando sentires que és fraco, frágil, inútil e sentires vontade de desistir, não o faças! Não o faças pelas simples razão de veres tudo o que conseguiste conquistar, desabar num ápice.Não o faças por te sentires fraco, frágil e inútil, não o faças porque isso te vai matar por dentro, simplesmente não o faças.
Já dizia alguém muito antigo "desistir é para fracos", porque por mais partidas que a vida te pregue, por mais fracassos, falhanços, quedas que tenhas nesta breve passagem por este "mundo mágico e incompreensível", haverá sempre "uma luz ao fundo do túnel", porque se caíres 100 vezes, vais ter a capacidade de te levantar 101! Porque se tiveres tudo e todos contra ti, vais conseguir provar-lhes que estão errados, vias provar-lhes que és capaz e que vais para além dos teus limites para alcançares os teus sonhos!
E se voltares a fracassar, não te escondas, não deixes que a chuva caia dos teus olhos, não tentes desculpar-te, não fujas dos problemas, enfrenta-os! Enfrenta-os com tudo o que ainda resta dentro de ti, porque afinal todo o resto é algo que sobra e que pode fazer a diferença! Não fiques submisso, não te ajoelhes perante o céu, porque acima de ti só a chuva e até essa te cai aos pés.
Nunca irás ter a certeza que vais ser capaz, que vais lá chegar, mas se não tentares nunca saberás se o consegues ou não. Afinal o homem foi criado para isto mesmo, cair e levantar-se, sorrir e chorar, lutar, ganhar, perder e para a única batalha que não tem estratégia vitoriosa é a morte e essa, essa ainda vem longe!
Por isso luta, luta com tudo o que tiveres! E se possível, escolhe o IMPOSSÍVEL, porque lá a concorrência é menor!




Nelson Felgueiras
E mesmo depois de tantas lições que a vida me deu, continuo a cair no erro de acreditar.. De acreditar facilmente que as pessoas podem mudar, podem ser diferentes umas das outras e não um espelho, um reflexo infinito. Mas infelizmente isso é uma realidade que já não me surpreende, cada vez mais a pessoas são uma "réplica perfeita" umas das outras, pessoas sem vontade própria, sem querer e que ao mínimo sopro mudam completamente.
Mais uma vez, coincidência ou não, destino traçado ou não, isso aconteceu.. Criei demasiadas expectativas, sonhei alto de mais, em torno de pessoas demasiado pequenas. Já tinha sentido um sopro que me tentava alertar, mas mesmo assim quis insistir e enfrentar o "mundo", sozinho contra tudo e todos estava disposto a provar ao "mundo" que estava errado e que eu seria capaz de fazer a diferença.
Mais uma vez falhei, só mais uma vez fui o sinónimo de "fracasso", mais uma vez fiquei a meio do caminho, porque há forças que não conseguimos ir buscar, porque há pessoas que não podemos nem devemos tentar moldar do nosso jeito, são demasiado complexas. São tão complexas, que é tal a sua complexidade de agir que fico completamente à toa, "perco" os sentidos, já nem sei como vou frente ou como me deixo ficar para trás, simplesmente não sei.
"Mas vá rapaz, não vás abaixo", dizem eles, os verdadeiros. Só que torna-se tudo ainda mais complexo, pela simples razão de não ser tão fácil deixar para trás algo ou alguém, como "jogar uma carta fora baralho", pois ela estava a tornar-se a minha "dama de copas" ...




Nelson Felgueiras
Pára e pensa, pensa se estás agir da melhor maneira, se não estás a ser egoísta e a pensar só em ti, se não estás a fugir a mais um dos teus medos ou a mais um dos teus pensamentos negativos, se não és tu mesmo quem cria essas histórias de terror dentro de ti. Sim, histórias de terror, histórias onde só tu imaginas sem um final feliz , se não és tu próprio que queres acreditar que não és capaz, que já não consegues chegar mais longe e optas por fugir, simplesmente ir pelo caminho mais fácil e não tentares, pelo menos mais uma vez!
Talvez conseguisses chegar mais longe se desses mais de ti, talvez pudesses "escrever" outro final dessa história se não te escondesses atrás de mais um medo que evitas enfrentar. E por mais que te digam para não viveres o presente a pensar no passado tu não consegues evitá-lo, porque as marcas que ficaram deixaram cicatrizes enormes, que mesmo sem tocar nelas, doem, doem muito só de pensar em tudo o que podia ter sido diferente e não foi.
E é mesmo isso que te mata por dentro e te destrói por fora, não encontrares a resposta para o porque de tudo ter acabado assim.


Nelson Felgueiras
Há dias em que tudo parece diferente,  em que tudo o que parecia certo para errado, em que toda a vontade que existia de continuar desaparece.
Há dias em que simplesmente parece que nada bate certo ou errado, não bate apenas. A única coisa que ainda bate é o coração, a única coisa que nos deixa presentes é o corpo, porque a alma, a alma parece que já desapareceu.
Sinceramente não sei se sinto ou não sinto tudo aquilo que já senti, não sei porque se tornou tudo tão complexo na minha mente, porque se gerou esta confusão que me deixa sem saber qual será o desfecho deste "conto". Queria apenas encontrar resposta, um sinal que me pudesse guiar por este mundo tão estranho em que passei a viver, repleto de dúvidas e incertezas sobre o que fazer.
Simplesmente gostava de desaparecer e não deixar rasto, de ir e nunca mais voltar, de não magoar e fazer chorar quem por mim  tudo fez, queria apenas com um toque subtil apagar todas as lembranças e viver sem problemas.
Mais uma vez gostava e gostava mesmo de ser outro ser que não este que gera tanta incerteza.


Nelson Felgueiras

Reacções


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POR ONDE ANDA ?BARROS DE ALENCAR

BARROS DE ALENCAR POR ONDE ANDA ? Atualmente está participando do programa Kaká Siqueira na Rádio Record AM (1.000 kHz - São Paulo/SP), onde apresenta o quadro "Momento Barros de Alencar". BREVE HISTÓRICO: Comunicador, radialista, cantor e apresentador de TV. Paraíbano da cidade de Uiraúna, nasceu no dia 5 de agosto. Começou na Rádio Borburema, em Campina Grande - PB. Depois passou por Recife, Fortaleza e Belo Horizonte até chegar a cidade de São Paulo. Na Capital paulista passou pela antiga Rádio Tupi de São Paulo, Record e América. Na década de 80, comandou seu programa na TV Record, levando ao ar os grande sucessos musicais da época.

Povos indígenas no estado de Rondônia, fotos inéditas dos índios isolados do Acre

Povos indígenas no estado de Rondônia
Aikanã, Ajuru, Amondawa, Arara, Arikapu, Ariken, Aruá, Cinta Larga, Gavião, Jabuti, Kanoê, Karipuna, Karitiana, Kaxarari, Koiaiá, Kujubim, Makuráp, Mekén, Mutum, Nambikwara, Pakaanova, Paumelenho, Sakurabiat, Suruí, Tupari, Uru Eu Wau Wau, Urubu, Urupá
1-Povo Uru-Eu-Wau-Wau
A população da Terra indígena Uru-Eu-Wau-Wau é composta por vários subgrupos, como: Jupaú, Amondawa e Uru Pa In. Encontram-se distribuídos em 6 aldeias, nos limites da Terra Indígena, por questões de proteção e vigilância. Além destas etnias, há presença de índios isolados como os Parakuara e os Jurureís.
Os Jupaú traduzem sua autodenominação como "os que usam jenipapo". A denominação "Uru-eu-wau-wau" foi dada aos Jupaú pelos índios Oro-Uari.
Muitos foram os nomes atribuídos aos Uru-Eu-Wau-Wau. As denominações Bocas-Negras, Bocas-Pretas, Cautários, Sotérios, Cabeça-Vermelha, são encontradas na historiografia e estão relacionadas ao espaço geográfico ou a se…

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES EM MANAUS Portal do Holanda