Pular para o conteúdo principal

Manaus noticas

NOTÍCIAS / AMAZONAS

Agente penitenciário é preso com drogas, celulares e dinheiro na Vidal Pessoa

Servidor foi encaminhado à delegacia e será indiciado por tráfico de drogas e facilitação de entrada de materiais proibidos em unidade prisional
domingo 5 de fevereiro de 2017 - 11:46 AM
Com informações de assessoria / portal@d24am.com
Servidor Hermes Alberto Ugarte Júnior foi encaminhado ao 1º Distrito Integrado de Polícia (1º DIP).Foto: Divulgação/ Seap
*Colaborou o repórter Thiago Monteiro
Manaus - A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) flagrou, na manhã deste domingo (5), um agente penitenciário com diversos celulares e entorpecentes na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa (CPDRVP), localizada na Avenida Sete de Setembro, no Centro da capital.
O servidor Hermes Alberto Ugarte Júnior foi preso e encaminhado ao 1º Distrito Integrado de Polícia (1º DIP) para os procedimentos de flagrante e será indiciado por tráfico de drogas e facilitação de entrada de materiais proibidos em estabelecimento prisional.
De acordo com informações do 1º DIP, o agente penitenciário deve ser levado a uma audiência de custódia nesta segunda-feira (6).
Hermes portava no momento da abordagem 500 gramas de material entorpecente, 15 celulares, 11 carregadores, 11 fones de ouvido, 2 baterias, 1 serra, 5 alicates, 2 chaves de fenda, 1 martelo, 2 tesouras, 2 bocais de lâmpada, 3 chaves de algema, 1 espelho e R$ 1.459,50 em espécie.
A ocorrência aconteceu por volta das 8h, quando Hermes estava chegando à unidade e foi interceptado por policiais do Departamento de Inteligência Penitenciária (Dipen) da Seap, que apreenderam todos os materiais que estavam com o agente.

Foto: Divulgação/ Seap
De acordo com o secretário de Estado de Administração Penitenciária, tenente-coronel da Polícia Militar Cleitman Coelho, o Dipen trabalhava com informações de que Hermes entregaria uma arma de fogo para os internos, e com a abordagem foi apreendida uma grande quantidade de materiais proibidos.
"Nosso setor de inteligência conseguiu interceptar relatos de que a ação aconteceria hoje. O agente teve o carro revistado e dentro do veículo foram encontrados os materiais".
O secretário Cleitman Coelho reforça que a Seap está intensificando as revistas e abordagens em familiares de internos, funcionários do sistema e demais pessoas que circulam nas unidades, para coibir a entrada de materiais proibidos nas unidades prisionais.
"Os procedimentos de revistas estão mais rigorosos e iremos encaminhar a delegacia toda e qualquer pessoa que for flagrada com materiais que não são permitidos nas unidades", disse o secretário.
LEIA MAIS PARA ENTENDER O TEMA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POR ONDE ANDA ?BARROS DE ALENCAR

BARROS DE ALENCAR POR ONDE ANDA ? Atualmente está participando do programa Kaká Siqueira na Rádio Record AM (1.000 kHz - São Paulo/SP), onde apresenta o quadro "Momento Barros de Alencar". BREVE HISTÓRICO: Comunicador, radialista, cantor e apresentador de TV. Paraíbano da cidade de Uiraúna, nasceu no dia 5 de agosto. Começou na Rádio Borburema, em Campina Grande - PB. Depois passou por Recife, Fortaleza e Belo Horizonte até chegar a cidade de São Paulo. Na Capital paulista passou pela antiga Rádio Tupi de São Paulo, Record e América. Na década de 80, comandou seu programa na TV Record, levando ao ar os grande sucessos musicais da época.

Povos indígenas no estado de Rondônia, fotos inéditas dos índios isolados do Acre

Povos indígenas no estado de Rondônia
Aikanã, Ajuru, Amondawa, Arara, Arikapu, Ariken, Aruá, Cinta Larga, Gavião, Jabuti, Kanoê, Karipuna, Karitiana, Kaxarari, Koiaiá, Kujubim, Makuráp, Mekén, Mutum, Nambikwara, Pakaanova, Paumelenho, Sakurabiat, Suruí, Tupari, Uru Eu Wau Wau, Urubu, Urupá
1-Povo Uru-Eu-Wau-Wau
A população da Terra indígena Uru-Eu-Wau-Wau é composta por vários subgrupos, como: Jupaú, Amondawa e Uru Pa In. Encontram-se distribuídos em 6 aldeias, nos limites da Terra Indígena, por questões de proteção e vigilância. Além destas etnias, há presença de índios isolados como os Parakuara e os Jurureís.
Os Jupaú traduzem sua autodenominação como "os que usam jenipapo". A denominação "Uru-eu-wau-wau" foi dada aos Jupaú pelos índios Oro-Uari.
Muitos foram os nomes atribuídos aos Uru-Eu-Wau-Wau. As denominações Bocas-Negras, Bocas-Pretas, Cautários, Sotérios, Cabeça-Vermelha, são encontradas na historiografia e estão relacionadas ao espaço geográfico ou a se…

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES EM MANAUS Portal do Holanda