Pular para o conteúdo principal

Racha no comando da facção 'Família do Norte' motivou mortes na UPP

BRIGA NO TRÁFICO

Racha no comando da facção 'Família do Norte' motivou mortes na UPP

Seap teve acesso a lista de presos que deveriam ser mortos a mando de João Branco. Um dos assassinados era 'soldado' de Gelson Carnaúba, outro ex-líder da FDN07/04/2017 às 19:58
Show whatsapp image 2017 04 07 at 16.29.29  1

Seis mortes foram confirmadas pela Seap na UPP, mas autoridades negam rebelião (Foto: Jander Robson)

Joana QueirozManaus (AM)
Um racha entre o comando da facção Criminosa Família do Norte (FDN), que domina o tráfico de droga na capital e no sistema penitenciário, resultou em mortes na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), Zona Leste. No total, foram seis mortes confirmadas pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária. 
 De acordo com o secretário da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Cleitman Coelho, faz uma semana que o clima no sistema está tenso. A inteligência da Seap teve acesso a uma lista dos que deveriam ser mortos a mando do traficante João Pinto Carioca, o “João Branco”. Estes seriam soldados do traficante Gelson Carnaúba. João Branco e Carnaúba estão presos em Presídios federais por determinação da Justiça Federal, por conta da Operação La Muralla.
Boca Rica, assassinado hoje, era conhecido com o fiel escudeiro do criminoso Gelson Carnaúba que, depois do racha, ficou independente de José Roberto Fernandes, o “Zé Roberto da Compensa”, e de João Pinto Carioca, o “João Branco”.  
Boca Rica foi morto por volta das 10h30. dentro da cela onde estava preso com mais 11 criminosos.  Nenhum deles assumiu a autoria do crime, mas todos foram encaminhados para a Delegacia onde foram indiciados pela morte de Boca Rica. Leleo foi morto provavelmente no mesmo horário, mas o seu corpo só foi encontrado no início da tarde. O mesmo foi decapitado dentro da cela.
O secretário disse que, desde esta sexta-feira, os presos estão trancados em suas celas e que se estivessem fora provavelmente teria acontecido outra chacina semelhante a que ocorreu no dia 1 de janeiro, quando 56 pessoas foram mortas no regime fechado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POR ONDE ANDA ?BARROS DE ALENCAR

BARROS DE ALENCAR POR ONDE ANDA ? Atualmente está participando do programa Kaká Siqueira na Rádio Record AM (1.000 kHz - São Paulo/SP), onde apresenta o quadro "Momento Barros de Alencar". BREVE HISTÓRICO: Comunicador, radialista, cantor e apresentador de TV. Paraíbano da cidade de Uiraúna, nasceu no dia 5 de agosto. Começou na Rádio Borburema, em Campina Grande - PB. Depois passou por Recife, Fortaleza e Belo Horizonte até chegar a cidade de São Paulo. Na Capital paulista passou pela antiga Rádio Tupi de São Paulo, Record e América. Na década de 80, comandou seu programa na TV Record, levando ao ar os grande sucessos musicais da época.

Povos indígenas no estado de Rondônia, fotos inéditas dos índios isolados do Acre

Povos indígenas no estado de Rondônia
Aikanã, Ajuru, Amondawa, Arara, Arikapu, Ariken, Aruá, Cinta Larga, Gavião, Jabuti, Kanoê, Karipuna, Karitiana, Kaxarari, Koiaiá, Kujubim, Makuráp, Mekén, Mutum, Nambikwara, Pakaanova, Paumelenho, Sakurabiat, Suruí, Tupari, Uru Eu Wau Wau, Urubu, Urupá
1-Povo Uru-Eu-Wau-Wau
A população da Terra indígena Uru-Eu-Wau-Wau é composta por vários subgrupos, como: Jupaú, Amondawa e Uru Pa In. Encontram-se distribuídos em 6 aldeias, nos limites da Terra Indígena, por questões de proteção e vigilância. Além destas etnias, há presença de índios isolados como os Parakuara e os Jurureís.
Os Jupaú traduzem sua autodenominação como "os que usam jenipapo". A denominação "Uru-eu-wau-wau" foi dada aos Jupaú pelos índios Oro-Uari.
Muitos foram os nomes atribuídos aos Uru-Eu-Wau-Wau. As denominações Bocas-Negras, Bocas-Pretas, Cautários, Sotérios, Cabeça-Vermelha, são encontradas na historiografia e estão relacionadas ao espaço geográfico ou a se…

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES

MULHER ENTRA NUA EM CABINE DA PM E CONSTRANGE POLICIAIS MILITARES EM MANAUS Portal do Holanda